quinta-feira, 21 de outubro de 2010

FLAMENGO CAMPEÃO!















Não me importo
com as acusações que sofrerei;
tenho consciência de estar sendo
tendencioso nestas linhas pois
não há de se negar voz ao coração:

tremem por temê-lo e ao tê-lo
à frente!

Um mar suspenso, hermético,
numa elipse de concreto:
gente de verdade, de vários cantos,
tons, peles, rostos: gente!
A esperança, para nós, tem duas cores:
intenso vermelho a galopar
por nossas veias, batendo no peito
de orgulho, paixão!;
visceral negro, forte, êxtase
que cega os que nos ousam
tentar superar.

RUBRO-NEGRO!

União perfeita
extrapola estigmas,
faz do impossível ponte sólida
à glória que nos aguarda
logo após a curva do último minuto:
apita o árbitro e o mar não mais se sustenta,
transborda das arquibancadas
numa única explosão de doce redundância:

FLAMENGO CAMPEÃO!

Um comentário:

  1. Até falando do flamengo vc é bom.
    Vc é muuuuito bom!

    Linda a emoção.

    ResponderExcluir